RESENHA DA 21º SESSÃO ORDINÁRIA DE 03/07/2018 DA CÂMARA DE VEREADORES DE SALETE

Mais Imagens



Na terça-feira (03/07/2018) às 18:30 horas aconteceu a vigésima primeira sessão ordinária da segunda sessão legislativa da décima quarta legislatura da Câmara Municipal de Salete.

Durante a sessão foram apresentados 07 Requerimentos e 04 Indicações.

Ao todo 07 vereadores fizeram uso da palavra livre na tribuna e o assunto mais abordado foi a situação envolvendo os motoristas da secretaria de saúde do município.

O Presidente da Câmara de Vereadores de Salete Sr. Pergentino Manarin citou o seu trabalho feito diariamente na Câmara de Vereadores e afirmou que muitas pessoas falam, porém, não tem conhecimento das competências dos vereadores, salientou também que todas as pessoas que dizem que os vereadores trabalham apenas 08 horas mensais estão mentindo, pois está a disposição da população de Salete diariamente na Câmara de Vereadores.

Já a vereadora Neiva Venturi Zonta se emocionou ao fazer uso da palavra livre na tribuna, e afirmou que em nenhum momento falou mal do trabalho dos motoristas, tampouco da vida particular dos mesmos sendo que o assunto abordado foi somente o excesso de velocidade, pois este foi o depoimento de muitas pessoas que reclamaram disso, e estas pessoas tem medo de falar, de reclamar.

A vereadora afirmou que sempre que pode, acompanhou sua mãe nas viagens que ela fez para tratar de sua saúde, e que tem a consciência limpa, porém enfatizou que falar mal da vida particular é um absurdo.

O vereador Alício Regueira destacou as últimas licitações realizadas pela Prefeitura Municipal e elogiou as aquisições feitas pela Prefeitura referente aos veículos que foram comprados para o uso da administração pública municipal.

Por fim, o vereador destacou os serviços feitos pela secretária da agricultura, secretária de obras e serviços urbanos e explicou os trâmites legais feitos para que sejam iniciadas as obras da ponte da comunidade de São Luiz.

Genoir Kniss destacou a importância da parceria entre o governador e os deputados que trouxeram o recurso para a ponte da comunidade de São Luiz, e disse que na sua opinião todos os 09 vereadores são fiscalizadores, e não pode haver situação nem oposição.

Ao comentar sobre a situação dos motoristas da secretaria da saúde, Genoir considerou um exagero, tanto por parte dos motoristas, quanto pela parte de alguns vereadores do município.

Laureci Fischer (Sissi) em seu discurso destacou o risco que os motoristas correm diariamente nas estradas, destacou também o auxílio que os mesmos prestam a população, porém afirma que os vereadores existem para fiscalizar e quando for preciso irá cobrar o que entende ser algo errado.

O vereador Márcio Hellmann também fez uso da palavra livre na tribuna, ele enfatizou que mais de 10 pessoas já o procuraram para relatar situações que ocorreram devido ao excesso de velocidade com qual alguns motoristas da secretaria da saúde dirigem os carros.

Márcio afirmou também que sempre será um fiscalizador, e que não irá se calar, pois quando for necessário ele se sente na obrigação de cobrar um serviço público de qualidade.

O último vereador a fazer uso da palavra livre na tribuna foi o vereador Aldo Kuhnen que em sua fala destacou que nenhum vereador criticou o atendimento dos motoristas, mas sim, o excesso de velocidade por parte de alguns motoristas, e citou que foi tratado com falta de respeito devido a cobrança justa que fez no intuito de dar mais segurança ao povo saletense.

Após a palavra livre na tribuna foram aprovados todos os requerimentos e indicações lidas no expediente, e por fim, e os vereadores fizeram suas considerações finais finalizando assim a sessão.

Confira a Sessão na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=NW3e38TGqqg